sexta-feira, 27 de maio de 2011

Procura-se

Procura-se alguém. Não sei ao certo quem. Procura-se alguém, que cubra esse vazio que me preenche. Alguém que responda a essas perguntas que me faço quando o vazio se faz. Alguém que ocupe esse lugar que não cabe ninguém.  Alguém que esvazie esse espaço lotado de ninguém.
 Procura-se alguém para quebrar esse silêncio, para dividir um momento, para passar o tempo junto e fazer o tempo melhor. Procura-se alguém que queira querer-me, alguém que queira ser querido.
 Alguém que além de falar, tenha voz; que além de ver, enxergue; que além de ouvir, escute. Alguém que me tome horas, minutos ou segundos, não importa; mas que me tome, me ocupe, me usufrua. 
Procura-se alguém, para deixar de ser só um e nos tornarmos um só. 


Leila Rodrigues 

2 comentários:

  1. Adorei o texto!
    "Alguém que ocupe esse lugar que não cabe ninguém. Alguém que esvazie esse espaço lotado de ninguém."

    ResponderExcluir
  2. Cheguei até aqui por acaso e amei!! li alguns textos e deixei para comentar neste pois é o momento que estou vivendo. Procurando por alguém. Muito bom o teu blog.

    ResponderExcluir

Obridada pela visita. É muito bom ter você por aqui!
Fique à vontade para deixar o seu recado.
Volte sempre que quizer.
Grande abraço