quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Carta para um amigo


Amigo,  me perdoe o gerúndio, mas estou precisando de você. Se estou com algum problema? Ah caro amigo, se formos falar de problemas, este texto não vai caber. Não, dessa vez eu não quero falar de problemas. Então seria para falarmos de solução? Sim e não. Considerando que não vamos falar de problemas, pela lógica não poderemos chegar na solução. Mas se observarmos que muitas vezes a solução está no caminho oposto do problema, aí sim, entre uma conversa e outra, pode ser que encontremos, sem procurar, alguma solução.
Mas não se preocupe com isso. Estou precisando de você pela sua presença mesmo. Só serve você. Por quê? É que você não é fornecedor, não é cliente, não é chefe, não é funcionário, não é patrão, não é mercado. Quando estou com você, meu sobrenome, meu CPF não interessam. Por isso só serve você.   
Estou precisando de você para jogarmos conversa fora. Para falarmos do tempo, para falarmos daquele filme que ficamos de assistir juntos, para falarmos daquele livro que você me emprestou e eu nem li e também nem devolvi. Para contarmos de novo aquelas mesmas piadas e rirmos tudo outra vez até chorar. Para lembrarmos todas as manotas que cometemos juntos e aí sim, chorar de rir de verdade. 
Preciso de você para fazermos uma caminhada e vermos o quanto a cidade cresceu, para tomar um café lá em casa e devorarmos meio queijo. Preciso de você para te contar dos meus filhos, que o mais velho já está namorando, que vai fazer vestibular. Preciso de você para me contar do seu jardim, do seu cachorro que morreu e da sua viagem à Europa que eu não pude ir junto. E essa sua namorada nova que eu nem conheço direito? Nós não vamos falar dela? Só nós dois! Aposto que você tem muito para me contar! 
Preciso de você para pedir açúcar emprestado. Hoje, se faltar açúcar em casa, eu não tenho liberdade de pedir a ninguém, parece que pedir algum favor virou vergonha nacional. Lembra quando morávamos na república? Até as meias dividíamos. 
Não eu não pretendo ficar remoendo o passado, fique tranquilo. O que eu quero mesmo é dividir o presente com você. Sem pressa, sem compromisso, sem nenhum objetivo. 
Estou com saudade da sua voz, do som único da sua risada, do toque da sua mão na minha e dos seus olhos sorrindo para mim. Estou com saudade de nós dois juntos e o tempo a nosso inteiro dispor. 
Amigo, preciso de você para me ajudar a lembrar que a vida é boa. Para eu acreditar de novo que a vida não é só trabalho, correria, pressão, problema. Preciso de você para viver a simplicidade de ser feliz. Para colorir a minha alma cinza. E então eu voltarei à vida, bem mais preparado para enfrentar os meus problemas. 
Leila Rodrigues - Publicado no Jornal Agora Divinópolis MG em 09/01/2012

37 comentários:

Inaie disse...

ah meu amigo, o que seria de mim sem voce?

Arnoldo Pimentel disse...

Assim é um amigo.Lindo o texto, parabéns.Beijos

✿ chica disse...

Maravilha de carta e amizade!!Vale muito!beijos praianos,chica

Fatinha disse...

Como é bom "jogar conversa fora"...rir, mas rir muito, quem sabe até se emocionar!! Mas principalmente deixar fluir o que há de bom dentro de nós sem medos ou receios... Isso se chama VIDA, isso se chama ser gente num mundo onde as pessoas não estão se dando conta que estão perdendo tudo isso! Que alegria amiga,fazer parte destas poucas pessoas que ainda reconhecem que AMIZADE é uma coisa para ser preservada como a mais preciosa pérola que recebemos das mãos de Deus! Bjs! Parabéns pelo texto!

blog da Paraguassu disse...

Olá Leila,
Como precisamos encontrar nossos amigos, às vezes! E, nesses encontros, não há formalidades, nem agenda pré-estabelecida para os assuntos.
Encontrar com alguém que não vimos há algum tempo só prá jogar conversa fora,
é uma grande oportunidade de vivermos o tempo em que não estivemos juntos e deixamos de desfrutar aquela companhia tão agradável e que representa tanto para nós. É no ombro desses amigos que podemos chorar nossas mágoas, descansar nossa luta contínua da vida.
Lendo este texto, tão bem escrito e que mexe com nossos sentimentos, veio-me uma saudade de velhos amigos que já não encontro mais. Alguns, porque já não estão mais neste plano.
Outros, porque trocamos de endereço e
encontrá-los ficou mais difícil.
Mas, enfim, a vida tem disso e viver é preciso.
Quero agradecer sua visita em meu blog e suas palavras tão carinhosas e
meigas deixadas para mim.
Obrigada, querida. Acredito, também, que já nos encontramos em algum lugar do passado. Talvez, tenhamos oportunidade de conhecer-nos pessoalmente, como você sugeriu. Eu adoraria.
Um ótimo final de semana e um afetuoso beijo.
Maria Paraguassu.

vieira calado disse...

Um texto arrancado do fundo do coração!

Beijinho

Cecília Romeu disse...

Leila, querida!
Volto com calma, te deixo um beijo, minha filhota esta doentinha, e não consigo me concentrar para ler..., coisas da vida.
Mas volto.

Ótimos dias!

Ricardo e Regina Calmon disse...

Holá Cara Amiga Fraterna Nossa:

A galera de Divinópolis encantada ficado deve, por missiva essa ao amigo,aliás,frutos concebidos e paridos nessa terrinha fôfa,se destacam em áreas várias, vide o BBB.
A vida continua, bezus do casal ao casal!

Viva A VIDA

Joseane disse...

Lindo lindo texto Leila!!
Parabéns!!!
Deus de abençoe e ilumine para continuar nos presentiar com lindas paralelas.
Bjo.
Joseane Ramos

Antonio Pereira (Apon) disse...

Olá Leila!

Uma carta, parece algo distante nesses tempos de e-mails e SMs. Isso é o Irrefreável avanço da tecnologia. Preocupante mesmo, é que amizade verdadeira, vá tornando-se coisa do passado, que vá caindo em desuso como a correspondência manuscrita. Não devemos, nem precisamos nos acostumar com isso.

Um abração e bom final de semana.

A.S. disse...

Gostei!..

O meu beijo...
AL

SolBarreto disse...

Leila lindo demais o texto, a verdadeira expressao da palavra amigo!
Amei!!

Vivian disse...

...eu gostaria que esta carta
fosse escrita pra mim.

que sublime é o dom de
ser amigo verdadeiro!

maravilhoso post!

bj, alma linda!

Cecília Romeu disse...

Leila,
consegui voltar e ler, agora as coisas estão mais calmas...

Muito bem-escrito!
Essa amizade, a Verdadeira com "V" maiúsculo é uma viagem que nos permite ter outras viagens na vida, acreditar no ser humano, na vida, no amor, que existem sentimentos assim nos outros e na gente!
Lindo!

Beijos

Lucimar Sant`Ana disse...

Estou visitando e adorei! Agora quero dizer que gostei muito de chegar até aqui. Voltarei mais vezes.
Um grande beijo.

Lindalva disse...

Tocante... parei por uns minutos a refletir. Olá amiga Vim te convidar a participar das brincadeiras pelo aniversário de 2 anos de renascimento da minha Ilha. O convite está acima das postagens e basta dá um clic que serás levado a festa. Temos 2 brincadeiras e a grande festa dia 13 de fevereiro. Te espero lá. Beijos no coração ♥ ♥ ♥

Eloah disse...

Que maravilha de texto Leila querida! Parabéns.Assim como me encantou deve ter encantado a todos que leram no Jornal Agora de Divinópolis.Falar sobre amizade e o amor incondicional que este compartilhamento de vida gera é emoção. é carinho,é alegria, doçura e sobretudo companheirismo e lealdade.Amei.Bjs Eloah

Alê disse...

Fui ver uma amiga querida que não vi a mais de ano, e voltei leve,

Levíssima,

Melhor troca do mundo


*por aqui,


Um beijo!

Del Rodrigues disse...

Olá Leila,conheci seu blog por outra amiga,sou professora, e gostaria de fazer um pedido para que me ajude indo no link abaixo e deixando um recadinho.Estou concorrendo com o meu texto:"Transformando um Sonho em Realidade" no concurso Educação Nota 10 do Globo.
A seleção acontecerá agora no dia 30/01/2012.
Por favor, visite o link e deixe um comentário por lá.
Será que vc pode me dar uma força?
Conto com a sua ajuda!
Qualquer problema, postei também o link no post do meu blog, é só ir lá e clicar (http://ler-com-prazer.blogspot.com).
Obrigada!Paz e Luz!

Esse é o link:
http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

Evanir disse...

Linda postagem a muito não lia algo tão tocante para meu coração.
Se tiver que receber uma cara essa seria minha escolhida.
Uma linda semana beijos meus no coração.
Evanir

Vivian disse...

Olá,Leila!!!

Que linda carta!!!Amizade éum tesouro e faz muita falta!!!!
Bela sensibilidade querida!!!
Beijos!

Anne Lieri disse...

Ai Leila, texto mais lindo e comovente essa amizade!Esse é o verdeiro sentimento!Lindo de viver!Bjs e meu carinho!

。♥ Smareis ♥。 disse...

Isso que é um grande e lindo amigo. Adorei o texto Leila. Beijos e ótima semana.

Vivian disse...

Olá,Leila!!!

Tenha um ótimo dia querida!!!!
Beijos!

A.S. disse...

Mudei de casa... serás bem vinda!

Beijos,
AL

Evanir disse...

Sua amizade transformei na minha felicidade, Minha felicidade é ver sua
visito no meu blog.
Hoje não consigo expressar toda minha alegria, simplesmente mesmo levando
uma colinha só para saber de você.
Triste seria para mim se nem isso pudesse fazer mais ..
Eu quero apenas estar sempre perto de você foi esse o unico meio que
no momento Deus esta me permitindo.
Tem momentos que devemos entender nossas limitações.
Paz e Luz.
Beijos meus no seu coração..Evanir

Severa Cabral(escritora) disse...

Minha amiga fidalga!
Sabia que vc é uma amiga muito querida...uma amizade que o tempo nos faz acreditar que vale um tesouro...
Texto magnifico...parece-me que tem vida...assim como vc...
Bjs de saudadessssssssssssss

✿ chica disse...

Voltei pra agradecer e deixar um beijo praiano(também ,como tum sempre preferi a praia fora de época, mas com o neno, temos que vir nessa época pois a escola logo começa..) beijos,lindo dia,chica

regina ragazzi disse...

Uma linda carta falando desse tão precioso sentimento que é a mizade. Muitolindo seu blog. Abraços

quanto pesa o vento? disse...

e quem somos nós sem o amigo?
a mensagem é forte em palavras e sentimentos.
abraço.

ELAINE disse...

A amizade verdadeira não tem preço...E como a vida seria vazia sem amigos...Estou seguindo teu mosaico de seguidores e agradeço se me seguires de volta em meu mosaico! Seja bem vinda ao meu espaço, nosso espaço!! Uma 6ªF iluminada e repleta de bênçãos! Abraço fraterno e carinhoso!
Elaine Averbuch Neves
http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

rouxinol de Bernardim disse...

Excelente!

Ma Ferreira disse...

Leila...

Espero um dia de coração escrever uma carta a voce dizendo o quanto é importante a gente ter pessoas como voce por perto. De dia e de noite, na chuva ou no calor... a qualquer hora.

Um beijo amiga...linda sua carta.

Elisa T. Campos disse...

Leila

Que maravilhaaaaa.
Dizer que o conto é bonito é pouco.
Fiquei encantada.
Bjs

Nina disse...

Oi Leila...
Linda carta...Amei! Sou a gatinha da Sandra Mitsue e vim convidar você a conhecer o Denguinho...gostaria muito de ser sua Amiguinha.
Nyan nyan
Nina

David C. disse...

Que importante la sencillez en la vida.

jaime aus giruá disse...

Simples, poético, fraterno, e humano. Um texto encantador.
Tenha uma ótima semana.