terça-feira, 28 de agosto de 2012

Resoluta




Olá pessoal,

Geralmente escolho as fotos que acompanharão os textos na hora de postar. O texto abaixo foi a minha primeira experiência de escrever a partir de uma foto. Depois deste vieram outros que postarei mais adiante. Mas este me marcou muito porque eu estava com meu filho quando ele fez a foto e me lembro de que o olhar da coruja ficou na minha cabeça até eu escrever. Até hoje quando vejo a foto, a primeira palavra que me vem à mente ainda é a mesma: RESOLUTA.

Boa leitura a todos!

Abraços


Leila Rodrigues


RESOLUTA


Não me olhe assim, com essa cara de espanto. Garanto a você, não é solidão. É apenas gosto pela minha própria companhia. Embora eu continue adorando a companhia dos amigos, da minha família, dos meus filhos e das pessoas queridas. Hoje gosto da minha companhia. Divirto-me com os outros, mas aprendi a me divertir comigo também.
Também não chame de pretensão. Não me sinto autossuficiente, não me tornei uma ilha. Ainda sinto medo, sinto falta das pessoas, sinto saudade como qualquer mortal. Tá certo que hoje sinto de um jeito diferente, mas te asseguro que a intensidade das minhas emoções continuam as mesmas.
Longe de ser desilusão. Ainda quero me iludir e me desiludir muitas vezes nesta vida. O amor não cria débito quando o outro se vai, pelo contrário, abre o espaço para mais amor, para outras e novas ilusões. E se houver desilusão? Que esta libere novos espaços em meu coração.
Não sei te responder se há um significado para o momento em que resolvemos experimentar a nós mesmos. Já tive momentos de experimentar tudo e eles não tiveram nenhuma classificação, nenhum significado oficial. Já experimentei as pessoas e já permiti que me experimentassem também. E nada disso foi anormal. Então por que experimentar a nós mesmos é tão inquietante para os outros? 
Estou apenas aqui neste lugar que eu escolhi com certeza e tranquilidade. Eu sei, a minha certa certeza te assusta, te deixa inseguro. Não fique, olhe-me novamente e veja o quanto estou seguro das minhas escolhas. Estou resoluto demais para temer a queda. Não tema por mim.
Não me faça perguntas por que eu não tenho nada a responder. Não me peça explicação porque eu não tenho nada a explicar. Deixe-me aqui. Eu estou muito bem. Eu me sinto seguro aqui. Eu escolhi este momento e este lugar. E nada pode ser melhor do que nossas escolhas.


Leila Rodrigues

Foto: Vinícius Costa (meu filho)

29 comentários:

  1. Leila, querida!
    Linda a imagem, parabéns ao teu filho!
    Poucas coisas são melhores que nossas escolhas, pois elas nos permitem os próprios caminhos, no erro ou no acerto, mas sermos por nós mesmos, na autenticidade do eu-verdade.
    Lindo texto a partir da foto!
    Parabéns!

    Beijos para ti e tua família!

    ResponderExcluir
  2. É bom quando temos essa sensação de que não dependemos de outra pessoa para ser feliz, para viver bem, para se sentir plena. "O amor não cria débito quando o outro se vai, pelo contrário, abre o espaço para mais amor, para outras e novas ilusões." Penso exatamente assim querida. Um texto lindo tal como a imagem capturada pelo seu filho.
    Beijokas doces
    Ps: eu decidi colocar meu blog com restrição de acesso e queria que me enviasse seu email para eu poder mandar convite. Pode ser no comentário, depois eu apago.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom. sabes? Ainda hoje, por vezes, me inspiro em fotos para fazer meus textos???LOL

    Bj de saudade! BShell

    ResponderExcluir
  4. Que linda inspiração e acho que escolheste uma palavra maravilhosa pra passar aquele olhar: RESOLUTA!

    Escolhas feitas, decididas, bem pensadas! Lindo de te ler!! Muito bom que bom quando estamos como ela,bem decididas,seguras!


    um beijo,tuuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Olá , passei pela net encontrei o seu blog e o achei muito bom, li algumas coisas folhe-ei algumas postagens, gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns, e espero que continue se esforçando para sempre fazer o seu melhor, quando encontro bons blogs sempre fico mais um pouco meu nome é: António Batalha. Como sou um homem de Deus deixo-lhe a minha bênção. E que haja muita felicidade e saude em sua vida e em toda a sua casa.
    PS. Se desejar seguir meu blog fique á vontade, eu vou retribuir.

    ResponderExcluir
  6. Leila! Que criatividade da foto e do texto! Extraverbal conciliando-se perfeitamente com o verbal. Interessante que tenho uma cena semelhante... quando trabalhava em uma escola, toda manhã uma coruja vinha sobre o telhado e ficava por longo tempo espiando-me em minha sala. Professoras me diziam: isso é azar! Para mim foi sorte maravilhosa, pois atuei na mesma por mais de 21 anos, onde aposentei-me! Seu texto e imagem levou-me a grata recosrdação! Obrigada! Beijo. Célia.

    ResponderExcluir
  7. Gostei demais. E temos sim, dias em que gostamos de nos recolher, seja para meditar, analisar, refazer, rezar, até mesmo por uma preguicinha gostosa. Temos direito a isso também. Parabéns. beijos.

    ResponderExcluir
  8. Minha querida Leila, saudades de voce!!
    Eu amo te ler...independente do tema. Voce passa verdade na sua escrita. Sempre acabo de ler e respiro, sempre de alguma maneira me identifico!
    Resoluta! Perfeito título. Não poderia ser mais apropriado.
    A foto..que momento heim!! linda!
    Resoluta sim... e pq não?
    Se permitir viver... dentro do que é possível. E sempre é possível.
    Saber conviver com nosso EU é fundamental. ...
    Um beijo com saudades..

    ResponderExcluir
  9. Oii Leila, que maravilha essa foto, e o texto ficou lindo, parabéns a v e ao seu filho! Adorei! Abraçooss

    ResponderExcluir
  10. Oi Leila!

    Li o texto assim que você postou e hoje voltei para comentar.

    Será que todos nós, em algum momento da vida, experimentaremos essa sensação de certeza, de maturidade que você descreveu?

    Confesso que já experimentei, sim. Já me senti, e ainda me sinto, resoluta (essa palavra resume tudo tão bem!). Penso que nessa fase, ou nesse momento específico de resolução, o melhor de tudo é a descoberta de nós mesmos, ou seja, aquilo que você descreve como gostar da própria companhia. Ainda somos intensos, não nos tornamos uma ilha, mas alcançamos um grau de certeza que assusta um pouco os outros - aqueles que olham de longe e questionam nosso equilíbrio, preocupados com uma possível queda, talvez. Ah, se soubessem que "nada pode ser melhor do que nossas escolhas!"

    Texto maravilhoso, amei ler!!!

    ResponderExcluir
  11. Oi Leilinha, saudades, minha querida.

    Quando leio os seus escritos parece que entro em mim, pois encontro tantos sentimentos e momentos semelhantes. E pergunto como as nossas escolhas nos conduzem a solidão e ao encontro de nós mesmas. Só que o controle sobre tudo o que se passa é efémero e, talvez, se pudéssemos alterar algumas delas, talvez o sentimento pudesse ser outro. Mas somos o que somos e a resposta deve acontecer em qualquer momento, mesmo que não seja a que nos desejamos.

    Beijos e fica com Deus!

    Te admiro muito!

    Beijos.

    Lu

    ResponderExcluir
  12. Interessante : beleza, sabedoria e equilíbrio, estão bem presentes, tanto na foto como no inteligente texto!

    Beijos, Leila,
    da Lúcia

    ResponderExcluir
  13. Leila,

    Acho muito inspirador escrever há partir do que é oferecido pela
    natureza,seja uma foto,uma cena...é como se a reflexão fosse uma resposta ao que nos é dado.Texto bacana!Resoluto, decidido..enérgico..como você é!
    Elizângela

    ResponderExcluir
  14. Querida amiga

    Peço desculpas pela minha ausência, mas não é por esquecimento, mas sim por conta de meu novo projeto, o qual me está retirando muito tempo.

    Ser esposa, mãe, amiga, dona de casa, e ainda aprendiz de escritora, não é tarefa muito fácil, requer de nós um grande equilíbrio.

    Queria muito agradecer por sua presença amiga lá no meu cantinho, presença que me alegra por demais meu coração e minha vida! Muito Obrigada!

    Me perdoe por alguma coisa.

    Um lindo dia para você.

    Abraço amigo

    Maria Alice

    ResponderExcluir
  15. hello, visit here with smile
    ^_^
    visit me back please
    I love your blog

    ResponderExcluir
  16. Adorei o texto e a imagem. Ambos incríveis!!!

    Beijo,
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir
  17. Leila,foto linda e texto que traz excelente msg de segurança, de força e nunca de presunção,com certeza!Eu adorei!bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  18. Querida amiga,,,passei pra te deixar um beijo e matar as saudades!!

    ResponderExcluir
  19. Oi Leia,
    Adorei a foto de seu filho e o texto tb. Muita resolução!
    Tenha um ótimo final de semana!
    xoxo

    Gosto disto!

    ResponderExcluir
  20. Olá, Leila. Saudades! È tão bom ler seus textos. Maravilha menina. Adorei! Desejo um feliz domingo e todo carinho pra vc. Beijinhos!

    ResponderExcluir
  21. Leila, que belo texto! Penso exatamente assim, que solidão alguém poderá sentir se está tudo bem, se for uma escolha? Como disse Artur da Távola '...quem tem vida interior, jamais padecerá de solidão'. Afinal... solidão é estar rodeado de quê? Será para camuflar imaturidades?
    Aplausos pra você!
    Beijos
    Tais

    ResponderExcluir
  22. Querida que bela foto!
    Esta força resoluta sempre foi a marca das mulheres determinadas.Identifique-me com teu texto.Belo e verdadeiro.
    Agradeço o carinho deixado no meu Blog.Fiquei feliz com tuas ternas palavras eles vieram para encantar bem mais meu momento. Bjs no coração Eloah

    ResponderExcluir
  23. Olá querida leila! Em primeiro lugar quero me desculpar por está passando aqui e com um comentário prontinho. Costuma fazer isto nos Domingos porque tenho mais um tempinho e desejo visitar o maior número de seguidores. Mas o que importa mesmo e fazer te uma visita para desejar muita paz, saúde , sucesso e felicidade, com a realização dos teus sonhos. E como reflexão deixo esse lindo pensamento de Mestre Khane que diz:
    “Não procures a verdade fora de ti, ela está em ti, em teu ser. Não procures o conhecimento fora de ti, ele te aguarda em tua fé interior. Não procures a paz fora de ti, ela está instalada em teu coração. Não procures a felicidade fora de ti, ela habita em ti desde a eternidade.” Abraços, fica na paz de Deus.

    ResponderExcluir
  24. Gosto da experiência de fazer textos a partir de fotos. O texto ficou ótimo e o título só poderia ser este mesmo!
    Um grande bj querida amiga

    ResponderExcluir
  25. É, minha amiga, muito poucos conseguiram chegar nesteestágio de amadurecimento e equilíbrio! Parabéns! É uma grande conquista! Adorei o post! Hoje, 03/09, tem post novo!
    Abraço fraterno, saudoso e carinhoso!
    Um início de semana iluminado!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. http://visitas-gratis-en-tu-blog.blogspot.com.es/

    Este blog vuelve a estar activo , visitenos para conocer otros blogs y dejar conocer tu blog . Gracias!!!

    ResponderExcluir
  27. Escolhas conscientes trazem essa sensação de paz que pode ser incompreendida pelos demais,mas só proporciona prazer a quem as fez.
    A foto de seu filho ficou muito boa. Bjs.

    ResponderExcluir
  28. Leila
    Sua alusão à corujinha que eu acho um mimo, por essa pose mesmo de solitária, com ar de tristeza, só observando tudo que passa me enche de ternura.
    O seu texto é um retrato de todos que como você precisam de momentos para refletir e/ou poetisar. Inobstante a família e outras pessoas que nos rodeiam ,precisamos de momentos diários de solidão, ou melhor ,aquele momento solitário onde possamos refletir e fazer fluir tudo que sentimos.

    As vezes digo para a minha família depois do jantar. -Agora preciso ficar só comigo. Com licença.

    Excelente texto e parabéns a seu filho pela linda foto.

    bjs


    ResponderExcluir
  29. Noa noite minha amiga fidalga !!!!
    Sempre cheia de porte vc vai escrevendo e nós vamos cada vez admirar teus escritos que chega com mais e mais criatividade...
    Imagem instigante convidando-nos para uma leitura primorosa ...
    bjsssssssssssssss

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita. É muito bom ter você por aqui!
Fique à vontade para deixar o seu recado.
Volte sempre que quiser.
Grande abraço