quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Quem é ela?




O mercado é mestre em criar datas comemorativas. Há poucos dias tivemos o dia do amigo. Não me lembro desta data na minha infância. E olha que as amizades eram até mais intensas! Todos os dias deveriam ser de nossos amigos, mas com a correria do mundo moderno ter um dia para os amigos não foi uma má ideia. Afinal eles merecem no mínimo um dia do ano para que possamos agradecê-los pelo bem que nos fazem simplesmente por existirem.
Se vamos falar de amigos, então falemos dela. Quem é ela? Ela é aquela amiga que se não existisse, nós a teríamos inventado. É aquela pessoa necessária, imprescindível para a nossa evolução. Ela não precisa necessariamente ser a mais bela, nem a mais fina, nem tampouco a mais graduada, ela precisa apenas de algo que a faz única, é uma pessoa verdadeira. É aquela pessoa que não veio ao mundo para fazer nossas vontades, muito pelo contrário, ela é a única que tem coragem de nos dizer que estamos péssimas, que precisamos sacudir a poeira e dar a volta por cima, ou que precisamos passar um batom e seguir em frente. Quem não tem uma amiga dessa, perdeu metade do tempo se lamentando.
É com ela que queremos chorar nossas mágoas porque sabemos que ela vai tolerar por pouco tempo e logo logo vai dar um jeito de nos tirar do sofrimento. É ela que vai dizer que aquele sujeito não presta, que não precisamos comprar 5 camisas brancas, que o casamento é de dia portanto a roupa não precisa brilhar e ainda por cima vai dividir a conta em proporções mais exatas que qualquer calculadora faria. Só ela faz isso. Só ela é confiável a ponto de pagarmos calados as dívidas dos aniversários,  sem questionarmos uma vírgula.
Há quem diga que ela é mandona, eu prefiro dizer que ela é mãezona. Preocupa-se com todos e doa mais do que deveria para ver tudo em ordem. E ai se alguém mexe com um dos seus eleitos! Ela vira uma fera!
Ela organiza as festas com prazer, tomas as frentes mesmo quando chega atrasada e se não fizer parte da comissão de frente, pode esperar que vai fazer falta! Ah minha amiga o que seria de nós sem você? Sem a sua alegria, sem os seus valores intensos, sem a sua honestidade ímpar?
Como é bom ter você no nosso convívio! Como é bom te ver chegando trazendo barulho, alegria e de quebra uma cerveja Deus para descontrair. Romilda Maria Pinto Nogueira, minha leitora querida, esta pessoa é você! Uma amiga que faz por merecer este nome. A você o nosso carinho e a nossa eterna gratidão.
Leila Rodrigues

Imagem da Internet
Publicado no Jornal Agora Divinópolis em 28/08/2015

3 comentários:

  1. Quanta verdade existe neste teu delicioso texto Leila!
    Amigo é aquele que está sempre ao nosso lado, não apenas nos momentos agradáveis mas, sobretudo, para partilhar o nosso desassossego, as angústias, as horas menos boas da vida, e nos dar força, incentivo e coragem para as ultrapassar.
    Por isso se diz que a Amizade é a forma de amor mais sublime!...

    Grande abraço!
    AL

    ResponderExcluir
  2. Que palavras lindas,Leila e a h0menagem ficou brilhante! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Leilamiga

    Lindo texto e lindas palavras nele utilizadas. Quanto ao quem é ela acho melhor dizer a que é dedicado. Porque realmente quem é ela, de acordo com a foto é... a Sofia Loren nos seus velhos tempos...

    Qjs do Leãozão

    ResponderExcluir

Obridada pela visita. É muito bom ter você por aqui!
Fique à vontade para deixar o seu recado.
Volte sempre que quizer.
Grande abraço