quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Correndo o risco





Foi um ano intenso. Alguns diriam que ruim, mas eu prefiro dizer que não foi fácil. Um ano de escolhas, de decepções e constatações. Um ano de perdas. Um ano que tivemos que suar um pouco mais que o normal. E por isso mesmo, por todos os sacrifícios que decididamente fiz durante o ano, eu  declaro, para os devidos fins, que a partir desta data até o dia 04 de janeiro do próximo ano, eu vou correr o risco.
Vou correr o risco de chegar atrasado ao trabalho ou a algum compromisso de manhã porque não pretendo perder nenhuma comemoração, nenhuma confraternização e principalmente nenhum abraço aos meus fiéis amigos que junto comigo sobreviveram a este ano.
Vou correr o risco de engordar alguns quilos. Que me perdoem o meu cardiologista, o endocrinologista e o Personal juntos, mas eu não vou abrir mão de brindar com todos aqueles que "sobreviveram" às intempéries desse ano. Preciso me presentear com presenças, me permitir sair do quartel e "baixar a guarda" por esses dias.
Meu lado criança anseia por um brigadeiro, uma torta de nozes e todo e qualquer pedaço de panetone que me for oferecido. Não posso me privar desta alegria! Não agora! Principalmente quando se trata de saborear com amigos, com irmãos e parentes, com pessoas que nos querem bem! Não vou decepcionar a leitoa, o peru e muito menos a farofa, minha predileta! O prazer de beliscar o pernil sem que ninguém veja só acontece nesta época do ano e eu não quero perder.
Vou correr o risco de contrair algumas dívidas, mas não posso deixar de comprar uma lembrança para os meus pais, para os meus sobrinhos e meus filhos. Não tem preço vê-los sorrindo. Não tem preço o quanto eles me fazem feliz.
Vou correr o risco de ter taquicardia ou da minha pressão subir, mas não vou me privar de nenhum abraço de nenhuma emoção, de nenhuma lágrima. Quero todos os abraços, todos os beijos doces, todos os sorrisos e emoções que um fim de ano proporciona. Até o choro por aquelas pessoas queridas que nos deixaram neste ano. Tio Roberto, Solange, Rubem Alves, Ronaldo e tantos outros. Impossível não lembrar de vocês e não chorar de novo.
Já sei que a minha agenda vai ficar uma loucura, que eu vou ficar cansada, muito cansada de tudo isso, que as minhas pernas vão doer de procurar o CD que a minha tia tanto quer, que vou ter que dar uma pausa nos estudos... Enfim, vai bagunçar tudo! Mas eu quero correr o risco de viver! E que a intensidade desses últimos dias do ano renove as minhas forças e me permita começar 2015 de copo vazio.
 


Leila Rodrigues

Publicado no Jornal Agora Divinópolis em 16/12/2014
Imagem da Internet

10 comentários:

  1. Que entre toda a sua agitação você encontre aquele colo amigo que acolhe e fortalece!
    Abraços natalinos,
    Célia.

    ResponderExcluir
  2. Leila, vale a pena tudo isso e a emoção que tome conta, mas não podes deixar de ter um Natal!

    Desejo um Feliz Natal e tudo de bom em 2015 ,que possamos estar sempre ,com alegria, saúde, por aqui nos encontrando! bjs, chica

    ResponderExcluir
  3. Como sempre divina e emotiva! Encerrando o ano com chave de ouro, Leila!
    Felicidade sempre, amiga! E que continue com esse coração de ouro!
    Beijos!!!
    Faça tudo que seu coração pede!

    ResponderExcluir
  4. Leila você tem razão vale a pena correr esse risco.
    Que os sinos do Natal sejam os mensageiros de boas festas e que o ano novo seja repleto de realizações.
    Feliz Natal e um próspero Ano Novo!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Li com muito agrado a mensagem.
    Mas hoje vim, especialmente, para desejar um Feliz Natal.
    🎅🎄🎅🎄🎅🎄🎅🎄

    ResponderExcluir
  6. Olá, Leila.

    Viver é uma atividade de risco e o agora é a oportunidade real que dispomos. Vivamos o presente!

    Desejo a você, seus amigos e família, um maravilhoso natal e um renovador ano novo; repleto de todo bem possível, transbordante de felicidade, saúde, paz e toda luminosidade do Divino Mestre Jesus.

    Um abração cheio de boas vibrações.

    ResponderExcluir
  7. Olá Leila, e que tudo esteja bem contigo!


    Passando para agradecer por tuas visitas e comentários além da tua amizade e também desejar que tenha, não somente nestes festejos natalinos, mas em todo o teu viver e o dos teus, muita paz, regada de amor, saúde e felicidade, um grande abraço e, até mais!

    ResponderExcluir
  8. texto lindo! um relato do que acontece no coração de cada um de nós nas festas de Natal e Ano Novo!

    ResponderExcluir
  9. Lindo Leila, amei suas palavras e também vou correr o risco...mil beijos e sucesso!!!!!!

    ResponderExcluir
  10. Hoje, só mesmo, para desejar um Bom 2015.
    Que a nossa amizade continue.
    Bom Ano!
    🎉🎊🎉🎊🎉🎊🎉🎊

    ResponderExcluir

Obridada pela visita. É muito bom ter você por aqui!
Fique à vontade para deixar o seu recado.
Volte sempre que quizer.
Grande abraço