domingo, 19 de maio de 2013

Um presente mágico





Olá pessoal,


Falar de mãe é sempre divino, é sempre um encantamento à parte. Um presente mágico  é a realidade de nossas vidas tão corridas e cada vez mais distantes de quem amamos.
Embora a data comemorativa já tenha passado, o meu carinho e o meu abraço para todas essas guerreiras em forma de anjo que aprendemos a chamar de mãe.
Abraços a todos
 Boa leitura!

Leila Rodrigues



Um presente mágico



Rodei todas as lojas a procura de um presente ideal para você. Comprei umas quatro coisas diferentes. Primeiro comprei um jeans para te deixar mais moderna, depois comprei uma jarra, porque a sua está remendada de epóxi, não contente comprei uma camisola, esta um modelito mais comum para manter a tradição e por último comprei uma imagem de Santo Expedito, porque sei que você é devota. 

Mas nada disso tinha me deixado satisfeita. Faltava alguma coisa. Faltava algo que pudesse dizer tudo que eu não consegui te dizer ao longo desses anos. Faltava alguma coisa que pudesse transmitir a minha imensa culpa por ser tão ausente, pelas vezes em que troquei você por outros compromissos que julguei mais importante.

Sabe mãe, a gente passa metade da vida adquirindo coisas. Coisas, compromissos, propriedades, diplomas. E chega um momento em que descobrimos que o que nos deixa felizes mesmo não é nada disso. Aí gastamos tempo e energia tentando se desfizer de todas essas coisas. Acho que estou assim agora, procurando me desfazer de coisas que eu sei que não são tão importantes como pareciam. 

Eu sei mãe que a esta altura de nossas vidas nenhum presente vai dizer por mim o que eu não consegui dizer durante a minha vida toda.  Nada que eu compre ou que eu te entregue, vai pagar a minha dívida com você. Mas ainda assim eu tento e ando de loja em loja à procura deste presente mágico.

Cheguei em casa cansada e ainda com o pensamento no presente ideal. Envergonhada de mim, olhei para todos aqueles presentes e fiquei imaginando o seu sorriso ao receber cada um deles. Mãe, que sentimento é esse que nenhuma palavra é capaz de traduzi-lo? Que laço é esse que nos une, que nem o tempo, nem a distância, nem todas as adversidades da vida conseguem desatá-lo? 

Inconformada com o quão pequeno eram todos aqueles presentes diante do meu amor por você, enfiei tudo em uma sacola, juntei algumas coisas básicas, deixei os meus filhos com o pai deles e peguei a estrada. Um dia inteiro para nós duas foi o meu presente para você. E como foi quente o seu abraço e doce o seu sorriso! Como foi maravilhoso rirmos juntas do doce que não deu ponto; dormirmos na mesma cama como há muitos anos não fazíamos e tomar café com queijo na sua cozinha. 

Este foi o meu presente para você, mas estou certa de que quem ganhou com isso tudo fui eu! O melhor dia das mães que eu poderia me dar! 


Leila Rodrigues

Publicada no Jornal Agora Divinópolis em 14/05/2013
Imagem da internet

11 comentários:

  1. Leila, que emocionante e lindo! tenho certeza que foi um presente maravilhoso, sem preço para tua mãe! Beijos,sempre maravilhosa ti! chica

    ResponderExcluir
  2. O dia já passou, mas é sempre oportuno recordá-lo!
    Beijinho!

    ResponderExcluir
  3. Uma atitude generosa vale mil presentes de grife de shoppings famosos! Amar é sentir. Não se compra. Doa-se e recebe-se tão somente. Linda e comovente crônica da vida real de todos nós. E, os filhos vão para o mundo, mas o cordão umbilical é elástico e assim sempre estaremos juntos.
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  4. QLa, Leila. Quanta emoção! Que lindo amiga! Esse presente não tem preço, pois chama-se amor. Obrigada por partilhar! Bjos e ótima senana.

    ResponderExcluir
  5. Olá, Leila.

    O melhor, maior e mais importante dos presentes é o amor e o amor é imaterial. Pena que o apreçar e a pressa nos consumam entre tantos supérfluos que complicam a simplicidade da vida, sufocada por tantos quereres, que subjugam os sentires.

    Um abração.

    ResponderExcluir
  6. Emocionante!
    Verdadeiro esse texto que nos faz refletir, sim, é assim, mãe ama de forma incondicional, mãe sabe dos problemas dos filhos, mãe também já foi filho e filha também!!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  7. Também amo o filme "Tomates Verdes Fritos", nele está refletido toda a essência da vida!

    Li isso em seu perfil!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  8. Intenso poema de mel inundado

    saudades del casal
    bzuz
    Ricardo

    ResponderExcluir
  9. Adorei esta forma de homenagear a mãe, afinal todas as mães.
    Foi lendo e senti umas saudades imensas daquela que me deu vida e que deixou de forma tão calma e serena.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Leila Rodrigues, pelo seu texto:Pensamentos secos, um verdadeiro poema épico, publicado no jornal Agora.Que venha mais!
    Abraço, fr.Raul

    ResponderExcluir
  11. Parabéns Leila Rodrigues, pelo seu texto:Pensamentos secos, um verdadeiro poema épico, publicado no jornal Agora.Que venha mais!
    Abraço, fr.Raul

    ResponderExcluir

Obridada pela visita. É muito bom ter você por aqui!
Fique à vontade para deixar o seu recado.
Volte sempre que quizer.
Grande abraço